Sistemas Anaeróbios

 

Sobre o Produto

 

Modelo RAFA/FAFA

O sistema RAFA/FAFA é constituído de um Reator Anaeróbio de Fluxo Ascendente (RAFA) e Filtro Anaeróbio de Fluxo Ascendente (FAFA), utilizados para o tratamento de efluentes sanitários. São fabricados em Plástico Reforçado com Fibra de Vidro (P.R.F.V.), altamente resistentes, podendo ser implantados na superfície, enterrados ou semi-enterrados. É um sistema que proporciona uma elevada eficiência na remoção de carga orgânica (entre 70 e 75%), de fácil instalação e pouca manutenção e operação, já que o sistema funciona por gravidade, sem a necessidade de motores elétricos. 

Modelo DAFA/FAFA

O sistema DAFA/FAFA é constituído de um Digestor Anaeróbio de Fluxo Ascendente (DAFA) e um Filtro Anaeróbio de Fluxo Ascendente (FAFA), também utilizados para o tratamento de efluentes sanitários. Esses sistemas também são fabricados em Fibra de Vidro (P.R.F.V.), componente altamente resistente, podendo ser implantados na superfície, enterrados ou semi-enterrados. É um sistema que proporciona uma considerável eficiência na remoção de carga orgânica (até 70%), sendo de fácil instalação e pouca manutenção e operação, já que o sistema funciona por gravidade, sem a necessidade de motores elétricos. Mais simples que o sistema RAFA/FAFA, oferece um excelente custo/benefício, além de elevada variação de volumes.

 

Laudo Técnico

Resultados de Eficiência Sistemas de Tratamento de Efluentes.pdf

Resultado de análise.pdf

Ofício de liberação dos Sist. Anaerobios.pdf

AUTORIZAÇÃO DE USO SISTEMA COMPACTO.pdf

Laudos Técnicos.pdf

 

Memorial Técnico

MEMORIAL TÉCNICO SISTEMA DAFA-FAFA 325 PEMD.pdf

MEMORIAL TÉCNICO SISTEMA DAFA-FAFA 650 PEMD.pdf

MEMORIAL TÉCNICO SISTEMA DAFA-FAFA 1.100 PEMD.pdf

MEMORIAL TÉCNICO SISTEMA DAFA-FAFA 1.850 PEMD.pdf

Memorial DAFA - FAFA 2500.pdf

Memorial DAFA - FAFA 3000.pdf

Memorial DAFA - FAFA 5000.pdf

Memorial DAFA-FAFA 7.000.pdf

Memorial DAFA - FAFA 7500.pdf

Memorial DAFA - FAFA 10000.pdf

Memorial DAFA - FAFA 15000.pdf

Memorial DAFA - FAFA 20000.pdf

Memorial DAFA-FAFA 25.000.pdf

Memorial RAFA - FAFA 600.pdf

Memorial RAFA - FAFA 650.pdf

Memorial RAFA - FAFA 1.100.pdf

Memorial RAFA -FAFA 1.600.pdf

Memorial RAFA - FAFA 4.000.pdf

Memorial RAFA-FAFA 8.000.pdf

Memorial RAFA -FAFA 16.000.pdf

Memorial RAFA-FAFA 32.000.pdf

ART REATORES E BIOFILTROS DE 325 L A 32.000 L.pdf

 

Funcionamento

 

Modelo RAFA/FAFA

Reator Anaeróbio de Fluxo Ascendente (RAFA): tanque cilíndrico fabricado em Plástico Reforçado com Fibra de Vidro (P.R.F.V.), composto pelos seguintes elementos: Distribuidor de Fluxo, Defletores, Separador de Fases, Tubo de Sucção, Tubo de Limpeza, Suspiro, Calha Vertedoura e Tampa de Inspeção. Essencialmente, o processo consiste de um fluxo ascendente de esgotos através de um Leito de Lodo denso e de elevada atividade (CHERNICHARO, 2007). A estabilização da matéria orgânica ocorre em todas as zonas de reação (leito e manta de lodo), sendo a mistura do sistema promovida pelo fluxo ascensional do esgoto e das bolhas de gás. Um dos princípios fundamentais do processo é a sua habilidade de desenvolver biomassa de elevada atividade. Essa biomassa pode se apresentar na forma de flocos ou grânulos (CHERNICARO, 2007). Considerada a unidade primária do Sistema de Digestão Anaeróbia, este Reator, irá receber o efluente bruto, que ao passar pela manta de lodo bacteriano localizada na zona inferior do equipamento (entrada) receberá ação de bactérias anaeróbias que utilizarão a carga orgânica do esgoto como substrato para o seu metabolismo e crescimento. A saída do efluente, mais líquido e clarificado, se dará pela zona superior do equipamento e deverá ser direcionado à entrada do FAFA.

Filtro Anaeróbio de Fluxo Ascendente (FAFA): tanque cilíndrico, fabricado em Plástico Reforçado com Fibra de Vidro (P.R.F.V.), composto pelos seguintes elementos: Distribuidor de Fluxo (fundo falso), Anéis Plásticos (meio filtrante), Tubo de Sucção, Suspiro, Calha Vertedoura e Tampa de Inspeção. Os Biofiltros são caracterizados pela presença de um material de empacotamento estacionário (Anéis Plásticos), no qual os sólidos biológicos podem aderir ou ficar retidos nos interstícios. A massa de microrganismos aderida ao material suporte, degrada o substrato contido no fluxo de esgotos (CHERNICHARO, 2007). Este equipamento é utilizado como unidade secundária do Tratamento Anaeróbio, em que o efluente, depois de passar pelo Reator, é direcionado a zona inferior do Filtro. O líquido passará por um meio filtrante, onde será formado biofilme bacteriano. As bactérias formadoras do biofilme irão consumir o restante da carga orgânica e aumentar assim a eficiência do sistema.


Modelo DAFA/FAFA

Digestor Anaeróbio de Fluxo Ascendente (DAFA): tanque tronco-cônico fabricado em Plástico Reforçado com Fibra de Vidro (P.R.F.V.), composto pelos seguintes elementos: Defletores, Tubo de Sucção, Tubo de Limpeza, Suspiro e Tampa de Inspeção. O equipamento consiste em um Reator Anaeróbio simplificado, ou seja, não possui Distribuidor de Fluxo, Separadores de Fases e Calha Vertedoura, porém o princípio básico é semelhante ao sistema descrito acima, de Reator Anaeróbio de manta de lodo (RAFA). Essencialmente, o efluente também percorre um fluxo ascendente, o que possibilita a formação e consequentemente passagem dos resíduos por um leito de lodo denso e de elevada atividade. Assim como o Reator Anaeróbio, o DAFA é considerado como unidade primária do sistema de digestão anaeróbia. Esse primeiro tanque irá receber o efluente bruto, que ao passar pela manta de lodo bacteriano localizada na zona inferior do equipamento (entrada) receberá ação de bactérias anaeróbias que utilizarão a carga orgânica do esgoto como substrato para o seu metabolismo e crescimento. A saída do efluente, mais líquido e clarificado, se dará pela zona superior do equipamento e deverá ser direcionado à entrada do FAFA.

Filtro Anaeróbio de Fluxo Ascendente (FAFA): tanque tronco-cônico, fabricado em Plástico Reforçado com Fibra de Vidro (P.R.F.V.), composto pelos seguintes elementos: Distribuidor de Fluxo (fundo falso), Anéis Plásticos (meio filtrante), Tubo de Sucção, Suspiro e Tampa de Inspeção. Os Filtros Anaeróbios são caracterizados pela presença de um material de empacotamento estacionário (anéis plásticos), no qual os sólidos biológicos podem aderir ou ficar retidos nos interstícios. A massa de microrganismos aderida ao material suporte, degrada o substrato contido no fluxo de esgotos (CHERNICHARO, 2007). Este equipamento é utilizado como unidade secundária do tratamento anaeróbio, em que o efluente, depois de passar pelo Reator, é direcionado a zona inferior do Filtro. O líquido passará por um meio filtrante, onde será formado biofilme bacteriano. As bactérias formadoras do biofilme irão consumir o restante da carga orgânica e aumentar assim a eficiência do sistema.

                                                                                                                                                                           *Texto Adaptado de CHERNICHARO, 2007



   

Tabela de Medidas - RAFA/FAFA

                                                                                                                                                                                Número de Pessoas Atendidas / Modelos

            Tipo de Empreendimento                    Contribuição (l/Pessoas/dia)600 1.600 4.000 8.000 16.000 32.000 
Residencial - Baixo Padrão 100164080160320
Residencial - Médio Padrão1304123060120245
Residencial - Alto Padrão   1603102550100200
 Hotéis (Exceto Cozinha)      1006164080160320
 Alojamento Provisório         8072050100200400
Fábrica em Geral                70 8 2257114228457
Comercial e Escolas            50 123280160320640
 Restaurantes e Similares    2524641603206401.280
 Diâmetro (m) 0,681,001,502,002,503,00
 Altura (m) 1,50 1,691,932,353,254,25


                

Tabela de Medidas - DAFA/FAFA

                                                                                                                                                                           Número de Pessoas Atendidas / Modelos

Tipo de Empreendimento      Contribuição (l/Pessoas/dia) 3.000 5.000 7.000 10.000 15.000 20.000 25.000 
Residencial - Baixo Padrão 100305070100150200250 
Residencial - Médio Padrão13023385376115153192 
Residencial - Alto Padrão   1601831436293125156 
 Hotéis (Exceto Cozinha)      100305070100150200 250 
 Alojamento Provisório         80376287125187250 312 
Fábrica em Geral                704271100142214285357
Comercial e Escolas            50 60100140200300400 500 
 Restaurantes e Similares    251202002804006008001.000 
 Diâmetro Superior (m) 1,852,252,482,543,063,203,20
 Diâmetro Inferior (m) 1,461,902,092,092,532,49 2,49 
  Altura (m) 1,711,75 2,05 2,72 2,93 3,65 4,30


                                                              

 

Acervo

 
 

LINKS



Joinville - SC

Campo Grande - MS

Montes Claros - MG

Tauá - CE

Santa Inês - MA

Entre em Contato